Estação de Tratamento de Reuso de Água (ETRA)

Projetadas e executadas em módulos, as estações de tratamento para reuso de água ajudam na preservação do meio ambiente através da constante busca de eficiência produtiva no setor industrial em torres de resfriamento, alimentação de caldeiras, lavagens de pátio e caminhões etc. Seu uso em áreas urbanas pode caracterizar-se no armazenamento de água para combate ao fogo, descargas sanitárias, sistema de ar condicionado, construções, controle de poeira entre outras finalidades.

DESCRIÇÃO DO PROCESSO

O processo de reuso depende do tipo de água a ser tratada, podendo ser por flotação ou flocodecantação, seguido de filtro de areia e/ou carvão ativado e sistema de desinfecção.

ETAPAS DO PROCESSO

O efluente a ser tratado recebe inicialmente através de um misturador hidráulico a dosagem de produtos químicos com a finalidade de correção de pH, coagulação e floculação. Em seguida ingressará na câmara de floculação onde o floculador provocará uma agitação para a formação dos flocos. Depois de formado o floco, o fluxo segue para o flotador ou flocodecantador, onde ocorre a separação de sólido-líquido. A água clarificada isenta de flocos passará por gravidade pelo processo de filtração (filtro de areia) objetivando o polimento, ou seja, retenção dos sólidos ainda existentes. Finalizando o processo ocorre a desinfecção que tem por finalidade a destruição de micro-organismos patogênicos presentes na água: bactérias, protozoários, vírus e vermes.

VANTAGENS DO SISTEMA

Voltar
Copyright © 2016 - Acesso Restrito | Webmail Desenvolvido por Lovatel Agência Digital