Estação de Tratamento de Àgua (ETA)

Responsável pela potabilização das águas naturais para fins de abastecimento público ou de empresas. Tem como função adequar a água bruta ao padrão de potabilidade vigente. 

DESCRIÇÃO DO PROCESSO

O processo é constituído basicamente de coagulação, decantação, filtração e desinfecção, podendo ser efetuado correção de pH e fluoretação se necessário. O sistema é constituído de casa química, pré-floculador mecânico, flocodecantador lamelar, filtro de areia e sistema de retrolavagem.

ETAPAS DO PROCESSO

A água a ser tratada recebe inicialmente a dosagem de produtos químicos para efetuar a coagulação, em seguida chega ao pré-floculador onde ocorre o processo de floculação e posteriormente é direcionada ao flocodecantador onde ocorrerá o processo de sedimentação. O lodo decantado deposita-se no fundo e a água clarificada é recolhida uniformemente no topo do flocodecantador através de um vertedouro, seguindo para o filtro de areia.

Nesta etapa em que passa por várias camadas filtrantes, composta por areias de granulometrias variadas, responsáveis pela retenção dos flocos menores, a água termina o ciclo com o sistema de desinfecção atingindo os padrões exigidos.

VANTAGENS DO SISTEMA

MATERIAIS EMPREGADOS

As ETA’s compactas são fabricadas em formato circular em PRFV (poliéster reforçado com fibra de vidro) e em formato retangular em aço carbono.

Voltar
Copyright © 2016 - Acesso Restrito | Webmail Desenvolvido por Lovatel Agência Digital